• maykonmakiyama

Quais os três tipos de limpeza hospitalar e como funcionam?

Entenda quais são os três tipos de limpeza hospitalar e no que consiste cada um deles.


A limpeza hospitalar é dividida entre três principais tipos, cada um com seus objetivos e focos.


Como, em um hospital, acontecem muitos processos e fases da passagem de um paciente, é necessário que haja essa classificação.


Assim, nenhum processo fica sem receber a devida atenção, e nenhuma área do hospital permanece suja.


No post de hoje, vamos falar sobre a classificação da limpeza hospitalar.



Os três tipos de limpeza hospitalar


Limpeza imediata

A limpeza imediata é a mais urgente que deve ser feita assim que há uma ocorrência.

Normalmente, é dividida entre dois tipos de procedimentos:

  • Descontaminação: é a remoção de matéria orgânica que acaba caindo nas superfícies (dejetos humanos);

  • Desinfecção: é a limpeza feita com agentes químicos para neutralizar a ação de microrganismos como bactérias e removê-los.

Chama-se limpeza imediata porque deve ser realizada imediatamente após uma ocorrência.


Quanto mais a limpeza imediata demorar a ser realizada, maior é o risco de contaminação e infecção.


Além disso, a limpeza imediata garante que o ambiente não ficará com mau cheiro.


Limpeza concorrente

A limpeza concorrente é o segundo tipo de limpeza hospitalar que precisa ser realizada.


Trata-se da higienização dos ambientes enquanto os pacientes ainda estão acomodados em suas dependências.


Por exemplo, no caso de uma internação, a limpeza concorrente é realizada com o paciente ainda no quarto.


Diariamente, são higienizadas superfícies como pisos, móveis, maçanetas e interruptores.


O lixo é recolhido e os materiais de higiene como papel higiênico e sabonete líquido são repostos.


A limpeza concorrente garante que nenhum agente biológico vai interferir na recuperação do paciente, nem infectar eventuais visitantes.


Limpeza terminal

O último dos três tipos de limpeza hospitalar é a limpeza terminal. Ela é realizada após a saída de um paciente.


Essa saída pode ser devido a alta, transferência para outra localidade ou até mesmo óbito.


Em todos os casos, deve ser realizada uma limpeza cuidadosa e completa do local.


Caso o paciente tenha ficado internado por mais de 15 dias, a limpeza terminal deve ser realizada de acordo com os riscos de contaminação das superfícies.


Após a descontaminação, é sempre realizada a desinfecção.


É a limpeza terminal que garante que o ambiente estará totalmente esterilizado para receber o próximo paciente.


Além dos três tipos de limpeza hospitalar - Classificação das áreas

Depois de entender quais são os três tipos de limpeza hospitalar, é necessário conhecer também a classificação das áreas.


Elas são classificadas em:

  • Áreas não críticas: áreas que não estão ocupadas por pacientes e não realizam procedimentos de risco. A limpeza deve ser feita diariamente com horário pré-estabelecido e sempre que necessário;

  • Áreas semicríticas: locais onde ficam pacientes com doenças com baixo poder de transmissão. A limpeza deve ser feita duas vezes por dia e sempre que necessário;

  • Áreas críticas: locais que representam alto risco de infecção e onde são realizados os procedimentos mais arriscados como cirurgias. A limpeza deve ser feita três vezes ao dia e sempre que necessário.


Outros tipos de limpeza hospitalar

Existem ainda outros tipos de limpeza hospitalar, como a preparatória, a especial e a limpeza mecanizada de piso.


A limpeza preparatória é realizada todos os dias antes de cada ambiente ser utilizado.


A limpeza especial é feita em equipamentos e superfícies próximas a pacientes infectados ou colonizados por bactérias.


Já a limpeza mecanizada de piso é uma limpeza do piso feita por uma máquina especialmente projetada para isso.


Falamos um pouco mais sobre os outros tipos de limpeza hospitalar neste outro post.


A melhor solução para limpeza hospitalar de forma geral

Se você quer que o hospital esteja sempre em ordem, seguindo todos os protocolos de saúde e limpeza e agindo rapidamente na descontaminação e desinfecção, a melhor solução é a limpeza terceirizada de hospitais.


A limpeza terceirizada é feita por profissionais qualificados para atuar em ambiente hospitalar.


Devido às peculiaridades deste tipo de ambiente, é necessário que a equipe receba treinamento específico.


A Makiyama trabalha com a terceirização de equipes de limpeza hospitalar altamente qualificadas e treinadas.


Todos os tipos de higienização são realizados com o máximo de atenção, utensílios corretos e produtos de alta qualidade.


Conheça o serviço de limpeza terceirizada da Makiyama clicando aqui.


0 visualização
  • whatsapp branca fina