• maykonmakiyama

Limpeza hospitalar: os tipos mais importantes de higienização

A limpeza hospitalar é composta por diversas fases. Conheça os principais tipos de higienização.


Limpeza em ambientes de cuidado à saúde é indispensável. Se o ambiente não estiver muito bem limpo, pode haver contaminação ou infecção.


Tendo em vista que hospitais existem para cuidar da saúde das pessoas, isso é inadmissível.


Para controlar melhor a limpeza hospitalar, existem os principais tipos de higienização.

No post de hoje, você verá sobre:

  • Descontaminação

  • Desinfecção

  • Limpeza concorrente

  • Limpeza terminal

  • Limpeza especial

  • Limpeza preparatória

  • Limpeza mecanizada de piso


Quais são os tipos mais importantes de higienização na limpeza hospitalar?


Descontaminação


A descontaminação na limpeza hospitalar é o procedimento que tem como objetivo remover matéria orgânica dos ambientes.


Em diversos ambientes hospitalares, pode ocorrer a contaminação por matéria orgânica, como urina, fezes e vômito.


A descontaminação deve ser feita com o máximo de urgência, pois estes detritos podem ser causadores de doenças ou agravar as que já existem.


Tanto a equipe do hospital quanto os pacientes ficam em risco.


Entretanto, a descontaminação não consegue remover microrganismos que ficam nas superfícies, e é aí que entra o próximo passo da limpeza hospitalar.



Desinfecção


A desinfecção é um tipo de higienização capaz de eliminar a grande maioria dos microrganismos em sua forma vegetativa, especialmente os patogênicos.


A eliminação é feita com a utilização de agentes físicos ou químicos que possuem eficácia para a remoção.


Entretanto, a desinfecção não consegue remover esporos bacterianos de superfícies inanimadas.


Este passo da limpeza hospitalar é o que garante que, mesmo um agente de contaminação estivesse presente no ambiente antes, não haverá infecção por microrganismos provenientes dele.



Limpeza concorrente


A limpeza concorrente é uma higienização realizada enquanto o paciente ainda está em suas dependências hospitalares.


O quarto ou apartamento é higienizado diariamente, incluindo superfícies inanimadas (piso, móveis, pias, maçanetas e interruptores).


Além da limpeza hospitalar concorrente, a manutenção repõe suprimentos, como papel higiênico, papel toalha e sabonete líquido.


Também faz parte deste tipo de higienização hospitalar o recolhimento do lixo.


A limpeza concorrente é o que garante que nenhum agente químico ou biológico vai interferir na recuperação do paciente, além de evitar uma infecção hospitalar.



Limpeza terminal


A limpeza terminal é um tipo de limpeza hospitalar realizada após a saída do paciente de seu leito, quarto ou apartamento.


Ela pode ser feita após uma alta, uma transferência ou até mesmo após um óbito.

Este tipo de limpeza é o que garante que o ambiente estará completamente esterilizado para receber os próximos pacientes.


Quando há pessoas internadas por um período superior a 15 dias, este tipo de higienização da limpeza hospitalar deve ser realizada de acordo com os riscos de contaminação das superfícies.


Seguindo a limpeza terminal, é realizada uma desinfecção.



Limpeza especial


A limpeza especial é uma higienização realizada nos equipamentos médicos que auxiliam no monitoramento e tratamento do paciente.


Todo e qualquer equipamento que estiver a 1 metro de distância ou menos de um paciente infectado ou colonizado por bactérias, deve passar pela limpeza especial.


Isso inclui respirador, grade da cama, bomba de infusão, suporte de gás, mesa de cabeceira, entre outros.



Limpeza preparatória


Na limpeza hospitalar, a higienização preparatória é aquela feita diariamente antes da utilização dos ambientes.


É mais comum em consultórios, centro cirúrgico, laboratórios de raios X, ultrassonografia e endoscopia.


Mas também pode ser realizada em quartos e apartamentos, bem como nas dependências comuns do hospital.


A limpeza preparatória tem como objetivo evitar a contaminação de pacientes e profissionais por agentes que possam permanecer nas superfícies de um dia para o outro.



Limpeza mecanizada de piso


A limpeza mecanizada de piso é importante para manter o piso de um hospital sempre livre de quaisquer resíduos.


Neste tipo de limpeza hospitalar, é utilizada uma máquina de lavar pisos, semelhante a uma enceradeira.


A máquina lava o piso com detergente hospitalar ou desinfetante hospitalar, esfrega o piso e, em seguida, remove a água sem precisar de um rodo ou pano.


Normalmente, este tipo de equipamento é fornecido por empresas de limpeza profissional, como a Makiyama.


Você pode saber um pouco mais sobre a limpeza profissional da Makiyama clicando aqui.


2 visualizações
  • whatsapp branca fina