• Makiyama Serviços

Cálculo de turnover: saiba como está a rotatividade na sua empresa

Considerado um método extremamente relevante, o cálculo de turnover oferece informações significativas sobre o desempenho de uma empresa. Através do coeficiente é possível verificar como anda, por exemplo, a taxa de rotatividade.


Assim, entender tudo o que está por trás dessa métrica é imprescindível para o sucesso do seu negócio. Além disso, saber como obtê-la, certamente, evitará que muitos outros problemas sejam desencadeados.


Quer ficar por dentro do assunto e aprender como garantir a alta performance do seu empreendimento? Então acompanhe as próximas linhas deste conteúdo!


Você sabe o que é turnover?


Em tradução livre, o termo em inglês “turnover” quer dizer “renovação”, “virada”. Porém, adaptada ao contexto empresarial, a palavra está relacionada à “rotatividade”.


De tal forma, o cálculo de turnover determina a taxa de rotatividade de funcionários, baseado em quantos colaboradores saíram e entraram em uma organização dentro de um determinado período.


Quando elevados, os índices demonstram problemas, os quais podem ir desde má gestão e clima organizacional desfavorável até remuneração abaixo da média e desmotivação da equipe.


Descubra como fazer o cálculo de turnover


Realizar o cálculo de turnover não é uma tarefa complicada, mas é necessário atenção.

Basicamente, basta que você tenha os dados referentes às admissões e demissões, os quais serão somados, divididos por dois e o resultado novamente dividido pelo total de funcionários.


Existem algumas variações no cálculo, no entanto, aqui vamos nos ater à métrica simples.


Veja como fica a fórmula:




Para facilitar o entendimento, vamos usar como exemplo uma empresa com 50 funcionários. O empreendimento contratou 10 colaboradores e demitiu 5. De tal modo, o índice de turnover pode ser obtido:



Perceba que o valor entre colchetes é multiplicado por 100 apenas para que seja transformado em porcentagem. Realizando as operações, temos:




Logo, a taxa de turnover da empresa em questão é igual a 15%.


Qual o significado de um alto índice de rotatividade?


Embora o coeficiente de rotatividade (ou turnover) deva ser interpretado de acordo com a realidade de cada negócio, podemos dizer que existem alguns parâmetros. Geralmente, índices de até 10% ao ano são considerados aceitáveis.


Entretanto, o mais importante é analisar, por meio da taxa obtida, o que tem motivado as demissões. Esteja atento ao número de funcionários que relatam ter tido problemas relacionados a condições de trabalho, remuneração, liderança, etc.


Para tanto, sempre vale a pena aplicar entrevistas de desligamento, a fim de compreender as insatisfações de cada profissional.


Leia também:

Lei da terceirização: tudo que você precisa saber

O que a falta de treinamento de equipes de limpeza causa?


O que causa o aumento da rotatividade de funcionários?


Provavelmente, a essa altura, se você já realizou o cálculo de turnover da sua empresa, pode ser que esteja se perguntando: “mas como saber o que faz o número de desligamentos aumentar e como evitá-los?”.


Então, confira algumas das principais causas:


Líderes despreparados


Sem dúvida, um dos maiores responsáveis por muitas demissões é a falta de habilidade dos líderes. Chefes que não dão feedbacks, que fazem cobranças abusivas e não deixam claras suas expectativas arruinam equipes.


Dessa maneira, é essencial que esses profissionais que ocupam cargos tão relevantes, tenham conhecimentos profundos sobre gestão de pessoas e estejam preparados para desempenhar aquilo que se dispõem a fazer.


Falta de plano de carreira


Outra grande causa de demissões em empresas é a falta de perspectiva. A ausência de um plano de carreira bem estruturado desmotiva os colaboradores que não conseguem enxergar oportunidade de crescimento.


Consequentemente, esses profissionais se veem “obrigados” a procurar ascensão em uma nova organização. Por isso, quando não há políticas internas de promoção ou recrutamento interno, a tendência é que grandes talentos se percam.


Ambiente desagradável


Por fim, outro forte motivador de demissões que interfere, diretamente, no cálculo de turnover é o ambiente de trabalho. Quando o espaço não é amigável, não sendo possível estabelecer relações e nem promover o bem-estar, a questão é grave!


Afinal, o colaborador que se sente deprimido, desmotivado e desconfortável, passa a produzir menos, ficando mais propenso a buscar um novo emprego.


3 Dicas para reduzir o índice de turnover


Além de investir na reversão dos problemas citados acima — buscando líderes habilidosos, elaborando um plano de carreira e criando um ambiente agradável de trabalho —, outras três dicas importantes podem te ajudar a reduzir o turnover:


1. Aderência ao cargo


É natural que quando falamos sobre processo de recrutamento e seleção, o foco esteja na formação acadêmica e nas experiências do profissional. Todavia, é muito importante contratar alguém que tenha aderência ao cargo.


Ou seja, o candidato à vaga deve ter afinidade com o estilo de trabalho. Isso porque, essa falta de sintonia, quando muito perceptível, deixa evidente que em pouco tempo as divergências irão se sobressair, levando à demissão.


2. Promover a comunicação


Em plena era digital, é cada vez mais comum que todo tipo de comunicação dentro de uma empresa se dê através de e-mail, celular e outros dispositivos. Contudo, os recursos tecnológicos não devem substituir o diálogo cara a cara.


Desse modo, é fundamental fomentar a interação da equipe e estimular que todos tenham liberdade suficiente uns com os outros para desenvolver um bom trabalho no dia a dia.


3. Investir em terceirização


Para encerrar nossa sessão de dicas que vão ajudar o seu negócio a reduzir o turnover, não podemos deixar de citar o investimento em terceirizações.


A contratação de empresas prestadoras de serviços tem muito a contribuir na diminuição da rotatividade, pois sempre existirão novos profissionais à disposição para atender às demandas do seu negócio.


Com isso, o vínculo estabelecido no ambiente laboral é diferenciado. Em casos de conflito ou insatisfação, a prestadora substitui a equipe imediatamente por outra igualmente capacitada.


Portanto, agora que você sabe a importância do cálculo de turnover e de manter o índice reduzido, pode agir.


Pare de se preocupar com constantes admissões e demissões. Não perca mais tempo e nem dinheiro com tantos processos seletivos.


Conheça nosso serviço de limpeza profissional terceirizada.


0 visualização0 comentário