• Makiyama Serviços

7 Dicas para evitar acidentes na limpeza empresarial

Veja 7 dicas para evitar acidentes na limpeza empresarial e mantenha seus colaboradores mais seguros no dia a dia.


Durante a limpeza e conservação nas empresas, é necessário seguir algumas diretrizes específicas.


Afinal, não ter o devido cuidado no manuseio de produtos e equipamentos pode causar acidentes, doenças e situações desagradáveis.


Além disso, evitar acidentes de trabalho é um dever de toda empresa, seja ela grande ou pequena.


No post de hoje, vamos te dar algumas dicas para manter seus colaboradores seguros e evitar situações de risco.



Como evitar acidentes na limpeza empresarial?


1 - Forneça EPIs

Os Equipamentos de Proteção Individual, ou EPIs, são o primeiro passo para evitar ocorrências durante a limpeza empresarial.


Todos os colaboradores devem estar vestidos adequadamente, com roupas que oferecem a proteção necessária para cada situação, além de equipamentos adicionais, como luvas, óculos e máscaras.


Entre os EPIs mais comuns para todo tipo de limpeza, encontram-se:

  • Aventais;

  • Óculos de proteção;

  • Luvas;

  • Botas;

  • Máscaras anti poeira.

Além disso, note que, caso o trabalho precise ser realizado em alturas, outros EPIs serão necessários para garantir a segurança do profissional.


Podem ser necessários equipamentos adicionais de acordo com o tipo de limpeza a ser realizada.



2 - Organize o fluxo de trabalho

Entre as causas indiretas de acidentes de trabalho na limpeza, figura a falta de organização.


O trabalho de limpeza é realizado em diversas etapas e, às vezes, em locais onde circulam muitas pessoas.


Há também os casos específicos de locais que contêm máquinas, equipamentos e produtos que, por sua própria natureza, já são perigosos.


Por isso, a organização do fluxo de trabalho se torna essencial.


Crie um cronograma orientando os profissionais sobre o que deve ser feito, quando e em que ordem.


Além disso, a próxima dica servirá como complemento para esta.



3 - Crie processos

Ao lidar com produtos químicos e produtos de limpeza, deve-se criar um processo bem definido que precisa ser seguido por todos.


Alguns produtos como removedores, água sanitária e o próprio álcool podem ser altamente prejudiciais à saúde caso usados incorretamente.


Esses mesmos produtos também podem danificar as superfícies, gerando prejuízos à propriedade da empresa.


Portanto, crie processos claros para cada atividade da empresa, orientando os profissionais sobre o que fazer em cada cenário.


Com um processo que comprovadamente funciona, os colaboradores evitam riscos que podem levar a acidentes e doenças ocupacionais.



4 - Siga as recomendações de cada produto

Por mais que achemos que sabemos usar determinado tipo de produto de limpeza, existem recomendações e diretrizes propostas pelo próprio fabricante.


Muitas vezes, o efeito de um produto em determinada superfície ou mistura é imprevisível, levando a consequências inesperadas.


Para evitar que isso aconteça, leia sempre o rótulo e fique atento às recomendações de uso.


Sobretudo, preste muita atenção às contraindicações, que são os pontos mais importantes e que, muitas vezes, se tornam os causadores de acidentes.


Somente uma equipe de limpeza profissional altamente qualificada tem o conhecimento necessário para usar livremente cada produto, e mesmo assim, o rótulo deve ser lido.



5 - Não corra riscos

Algo comum na limpeza de ambientes profissionais é dar um jeito de fazer as coisas, mesmo que as condições não sejam favoráveis.


Entretanto, evite proceder dessa forma. Sempre que você sai das condições necessárias para manter a segurança, está correndo um risco.


Por isso, fique atento para evitar situações como subir em cadeiras para limpar janelas, passar por corredores molhados porque é mais rápido do que dar a volta ou usar utensílios que não foram feitos para aquela atividade.


Sobretudo, jamais corra o risco de negligenciar os EPIs e as recomendações de segurança.



6 - Use a sinalização correta

Sempre que um ambiente estiver sob processo de limpeza, a devida sinalização deve ser colocada no local.


Isso evita que pessoas desavisadas possam sofrer acidentes por não prestarem atenção às atividades acontecendo ao seu redor.


O melhor exemplo é o da placa que indica chão molhado ou escorregadio, mas existem diversos tipos de sinalização que você pode usar.


Placas indicando risco respiratório, altas temperaturas ou risco de combustão são bons exemplos.



7 - Conte com uma equipe profissional

A equipe de limpeza profissional é sempre a mais recomendada para evitar acidentes na limpeza empresarial.


Ao contratar uma equipe, você não apenas garante que os profissionais sabem o que estão fazendo, mas também consegue algumas comodidades adicionais.


Por exemplo, os materiais e produtos de limpeza podem ser fornecidos pela própria empresa terceirizada.


A equipe pode ser flexibilizada, com a possibilidade de trocar, aumentar ou diminuir a força de trabalho sempre que necessário.


Mas para o quesito segurança, todos os profissionais terceirizados sempre recebem treinamento e capacitação, além de EPIs, utensílios e produtos de acordo com as recomendações.


Quer descobrir os benefícios de ter uma equipe profissional na sua empresa? Então conheça o serviço de limpeza e conservação da Makiyama!


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo