• Makiyama Serviços

6 Regras de limpeza no trabalho para implementar na empresa

Veja 6 regras de limpeza no trabalho que toda empresa precisa implementar para saber lidar com essa tarefa diária.


Limpeza e conservação é uma tarefa que requer dedicação diária. E, ao contrário do que muitos pensam, não é fácil gerenciar essa atividade.

A complexidade da tarefa aumenta conforme o tamanho da empresa, sendo que as grandes indústrias precisam seguir estritamente as regras para não fazer confusão.

Entretanto, todos os portes de empresas podem se beneficiar dessas regrinhas básicas, e é sobre isso que vamos falar no post de hoje.


Regras essenciais de limpeza no trabalho

1 - Faça o levantamento

Primeiro, você precisa deixar muito claro no seu planejamento quais são as áreas da empresa que precisam de limpeza.

Em sua cabeça, isso parece claro e fácil de saber, mas você pode se surpreender nos detalhes.

O ideal é fazer um mapa da empresa com todos os cômodos, salas, estações de trabalho, corredores, banheiros, recepção, móveis grandes ou pontos de destaque.

Cada um desses elementos requer um tipo específico de cuidado e ter todos ilustrados ou listados vai facilitar o momento do planejamento da limpeza.


2 - Entenda a população fixa

Chamamos de população fixa as pessoas que estão todos os dias dentro da sua empresa.

Uma das regras de limpeza no trabalho é saber exatamente quantos e quais são seus funcionários, colaboradores, terceirizados, gestores e qualquer outro profissional que esteja presente todos os dias.

A limpeza no trabalho acontece enquanto a maioria dos profissionais já está na empresa.

Saber os horários e funções de cada um facilita na organização de um cronograma que evita atrapalhar as atividades dos outros, além de evitar que os outros atrapalhem as atividades de limpeza.


3 - Defina a localização do depósito de limpeza

Uma importante regra de limpeza no trabalho é manter todos os materiais e utensílios em um depósito exclusivo de uso dos profissionais da limpeza.

Isso é essencial, pois não se pode misturar a limpeza com outras atividades, como armazenamento de produtos ou material de escritório.

Por vezes, o chamado quartinho da limpeza abriga produtos abrasivos, com cheiro forte ou até mesmo corrosivos.

Então, a regra é manter todos esses produtos e equipamentos em um local dedicado somente a eles.

Se você ainda não tem um local definido para o depósito de limpeza, defina um ainda hoje.


4 - Cronograma e mapa de rotina

Uma das regras de limpeza no trabalho mais importantes é o desenvolvimento de um cronograma de limpeza seguindo o mapa de rotina.

O mapa é feito com base no mapeamento que você fez anteriormente, com todas as salas e estações de trabalho.

Determine o que será feito em cada dia da semana, observando a periodicidade de cada área.

Em seguida, estabeleça um cronograma para os profissionais da limpeza seguirem.

Comece o cronograma com as áreas mais críticas (importantes) e respeite o tempo necessário para cada atividade.

Assim, os profissionais sempre saberão o que fazer e em qual momento.


5 - Especificidades

Cada área, estação de trabalho ou ponto de destaque tem suas especificidades.

Uma das regras de limpeza no trabalho é prestar atenção a elas e respeitar as necessidades do ambiente.

Por exemplo, se você tiver espelhos em sua empresa, eles precisam de cuidados específicos.

O mesmo vale para aquários, lustres, tapetes e qualquer área que seja planejada.

Isso inclui também ambientes específicos de cada área de atuação, como salas de servidores em escritórios de TI, consultórios médicos e salas de cirurgia em hospitais.

Todas as especificidades e orientações devem estar no mapeamento de rotina para que os corretos cuidados sejam tomados.


6 - Nunca interrompa a limpeza

Por fim, mas não menos importante, a limpeza nunca deve ser interrompida.

Esta é uma regra de limpeza no trabalho que deve ser levada muito a sério.

Às vezes, enquanto a equipe está cuidando de determinado ambiente, funcionários precisam utilizar o local.

Isso acaba gerando uma pausa na limpeza. Porém, quando a limpeza pode ser retomada, os colaboradores precisam limpar o ambiente inteiro novamente.

Isso gera retrabalho, improdutividade e estende o tempo necessário para completar as tarefas do dia.

Se a limpeza estiver sendo feita, deixe aquela área fora de acesso durante a tarefa.

Será mais rápido e mais produtivo aguardar a equipe de limpeza terminar o serviço do que interromper e depois ter que fazer tudo de novo.


Se você ainda não tem uma equipe profissional de limpeza, conheça o serviço de limpeza e conservação da Makiyama.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo