• Makiyama Serviços

O que saber antes de terceirizar funcionários?

Entenda o que você precisa saber antes de terceirizar funcionários e saiba o que esperar desse modelo de trabalho.


Terceirizar funcionários é uma prática comum no mercado de trabalho brasileiro. Diversas atividades podem ser desempenhadas sob esse regime de trabalho.


Tarefas como recepção, portaria, segurança, atendimento, manutenção e limpeza são as mais comuns.


Mas antes de contratar uma terceirizada, você precisa se atentar a alguns detalhes para que tudo corra bem.


No post de hoje, você verá o que precisa saber antes de terceirizar funcionários.



O que saber antes da terceirização?


Contrato

O fator mais importante em uma terceirização de serviços é sempre o contrato de prestação.


Ele vai determinar como será a relação entre contratada e contratante.


Toda a gestão do trabalho terceirizado será orientada por este documento, então, é importante prestar muita atenção a ele.


Você deve garantir que todas as suas necessidades estão cobertas pelo contrato para que não haja desgaste entre as partes posteriormente.


Também é aconselhável revisar as exigências da contratada para a prestação dos serviços, garantindo que tudo está de acordo e dentro da realidade.


Não tenha pressa para assinar o contrato e, se for necessário, peça a revisão de uma cláusula.



Necessidade da empresa

Antes de terceirizar funcionários você precisa saber exatamente qual é a necessidade da sua empresa.


Quantos funcionários você precisará? Para quais funções? Qual o horário de trabalho?


Além disso, se for uma função específica como segurança ou limpeza, certifique-se de ter em mente as ferramentas, utensílios e produtos que serão necessários.


Verifique no contrato se a prestadora fornece esses equipamentos, ou se eles devem ficar por conta do contratante.


Não basta saber, de uma forma geral, que você precisa de um serviço de limpeza. Sabendo exatamente qual é a necessidade da sua empresa, tudo fica mais claro.



Obrigações e direitos

Antes mesmo de procurar uma empresa terceirizada, saiba quais são suas obrigações e direitos em relação aos funcionários terceirizados.


Você deve ter questões como pagamento de salários, benefícios, férias, contratação e demissão muito claras em sua mente.


Como o contrato terceirizado é de responsabilidade maior da contratada, geralmente essas questões são tratadas por ela.


Contudo, alguns pontos ainda cabem ao contratante, como oferecer boas condições de trabalho, gerenciar os colaboradores nas dependências da empresa e auxiliar com suas necessidades imediatas.


Entenda onde termina o direito da contratada e começa o da contratante.



Sem diferenciação

Uma coisa que você precisa saber antes de terceirizar funcionários é que não pode haver diferenciação entre terceirizados e contratados diretos da empresa.


Ou seja, você não pode segregar os funcionários. Atitudes como ter um refeitório reservado somente ao terceirizados, deixá-los de fora de ações programadas pela empresa ou impedir que eles circulem em determinado local são imorais e vão contra o estabelecido em contrato.


Os funcionários que se sentirem lesados por tais atos podem, inclusive, abrir um processo judicial contra a contratante.


Então, instrua seus funcionários a não fazerem qualquer tipo de diferenciação.



De quem é a responsabilidade

Antes de terceirizar funcionários você também precisa saber de quem é a responsabilidade quando ocorrer alguma eventualidade.


Por exemplo, se o funcionário faltar, a responsabilidade é da contratada, que deve enviar outro o mais rápido possível para substituir.


Por outro lado, se o funcionário se recusar a realizar determinadas tarefas ou tiver comportamento inadequado, a contratante pode e deve aplicar medidas corretivas, incluindo acionar a prestadora para que o funcionário em questão seja advertido, suspenso ou até mesmo substituído.


É importante saber até onde vai a responsabilidade de cada parte para evitar atritos e desentendimentos.



Custos

Os custos da terceirização também são importantes e você deve estar plenamente ciente deles no momento da assinatura do contrato.


Assim, você não corre o risco de receber uma eventual cobrança adicional sem saber o motivo disso.


Tenha ciência sobre os custos envolvidos na contratação, se é necessário o pagamento de alguma taxa, se é preciso arcar com material de trabalho ou equipamentos específicos.


Saiba também se o contrato é reajustável ou não, prevendo o aumento causado pelo reajuste ao final de cada ano.


Tudo isso é essencial e pode impactar diretamente na administração dos colaboradores terceirizados.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo