• Makiyama Serviços

Como remover tinta do chão e outras superfícies?

Descubra como remover tinta do chão, das janelas, esquadrias e de outras superfícies, de acordo com o tipo de tinta.


Entre as piores dores de cabeça para o dono de um imóvel estão os respingos de tinta que podem cair em todo o lugar durante uma reforma ou construção.

Para quem está fazendo reforma, é ainda pior, já que é difícil conciliar as necessidades dos trabalhadores com as de quem mora no local.

E, ao final, se houver respingos de tinta, isso pode se tornar um grande problema.

Normalmente, os profissionais colocam plásticos ou forros sobre o piso para evitar esses casos, mas nem sempre eles são o suficiente.

É comum que, mesmo forrados, os pisos ainda apresentem um ou outro respingo de tinta, bem como as paredes, as esquadrias e as janelas.

Mas, então, como remover tinta do chão sem danificar o piso? E de outras superfícies, como vidro?

Para te ajudar, vamos explicar agora os cuidados no pós-obra para remover a tinta do piso considerando os principais materiais que são utilizados no geral.


Respingos de tinta em pisos

O método de remoção varia de acordo com o tipo de tinta, podendo ser tinta acrílica, óleo, plástica ou PVA.

Por isso, o primeiro passo para remover tinta do chão é identificar o tipo de tinta que está ali.

Para tinta PVA, somente um pano úmido ou uma esponja úmida já dá conta do problema.

Já para tinta acrílica, plástica ou óleo, é necessário usar o thinner. Se, mesmo assim, ainda estiver difícil, a recomendação é utilizar uma espátula, com muito cuidado, fazendo movimentos de alavanca por baixo da mancha.

Existe também o raspador de tintas profissional, que é uma ferramenta útil nesses casos.

Algumas empresas disponibilizam geradores de vapor para fazer a remoção de respingos somente com o vapor da água e o calor.

O equipamento pode ser alugado por diárias, dependendo da necessidade do imóvel.


Tinta em porcelanato

Para remover tinta do chão com piso de porcelanato, no caso da tinta à base de água, uma aplicação de detergente neutro no local já é o suficiente.

O detergente faz com que a tinta se solte, facilitando sua remoção com uma espátula, lixa d’água ou esponja tradicional de cozinha.

Entretanto, para outros tipos de tinta, o removedor pode ser a opção mais adequada.

Siga as instruções conforme o rótulo do fabricante e a tinta deve ser removida sem maiores problemas.

Somente em casos muito específicos, a tinta pode acabar resistindo até mesmo ao removedor.

Nestes casos, chame uma empresa profissional de limpeza para verificar qual é a melhor solução.

O serviço de limpeza profissional da Makiyama pode te ajudar neste tipo de situação.


Como remover tinta de vidros?

Se você tem respingos de tinta em vidros, a solução já é outra.

Nestes casos, o raspador de tinta profissional é a melhor ferramenta para te ajudar. Ele pode ser adquirido em lojas de materiais de construção.

É preciso muita cautela para não riscar o vidro.

Além disso, evite métodos caseiros, como usar lâminas de barbear, água morna e esponjas.

Além de riscar o vidro, você pode se machucar e causar acidentes.

Para limpar respingos de tinta das esquadrias das janelas, um pano com álcool já é o suficiente.


Como remover tinta da madeira?

No caso dos pisos de madeira, a melhor opção é tentar remover a tinta com a ajuda de recursos como calor e o raspador profissional.

Isso porque, aplicar produtos como removedores, pode ter o efeito contrário, fazendo com que a tinta penetre ainda mais na madeira.

O ideal é remover a tinta assim que ela cair no chão de madeira. Entretanto, se a mancha já estiver seca, use água quente e detergente para amolecer.

Tome cuidado para não encharcar a madeira. Use apenas uma esponja ou pano úmido para fazer isso.

A lâmina do raspador deve ser usada delicadamente, com movimentos de alavanca, para remover a tinta.

Se isso não for o suficiente, será necessário chamar um profissional.

Ao contratar profissionais, certifique-se de que eles sejam autoridades em limpeza profissional, como a equipe da Makiyama.

Este é o único meio de garantir que seu piso não ficará ainda mais danificado.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo