• maykonmakiyama

Reciclagem: qual sua importância e seu impacto em nosso dia a dia?





















Reciclar materiais é algo relativamente novo, mas que, felizmente, faz parte da nossa vida. Hoje falaremos sobre a importância da reciclagem e o impacto que ela causa em nosso dia a dia.


O que é reciclagem?

É o processo de transformar objetos e materiais que foram descartados em produtos que poderão ser utilizados novamente.


Qual a sua importância?

Como informamos anteriormente, o processo de reciclagem é algo relativamente novo, que surgiu a partir da década de 80. A necessidade se deu devido ao aumento significativo da produção de embalagens descartáveis.


A importância da reciclagem é muito grande, pois ela resolve o problema de descarte desses produtos, incluindo benefícios para o planeta. Além de preservar o meio ambiente e suas riquezas, é possível diminuir a contaminação do solo, do ar e da água. A reciclagem também contribui para reduzir custos de produção em empresas.


Reciclar também é importante porque auxilia com o aumento de empregos nas grandes cidades. Muitas pessoas, que antes estavam desempregadas, agora conseguem sustentar seus entes queridos e contribuir na renda familiar. Isso aconteceu graças ao surgimento de cooperativas de catadores espalhadas por todo o país.


Reciclagem do alumínio

O impacto que a reciclagem de produtos causa em nosso dia a dia também é altíssimo. Para nós, a única atitude necessária é separar o lixo orgânico do reciclável, acomodando-os em lixeiras separadas. Porém, no caso do alumínio, por exemplo, os benefícios são imensos. Afinal, o produto pode ser reciclado em quase 100%.


Quando for derretido, o alumínio pode retornar para as linhas de produção, reduzindo os custos. E você sabe que, quanto menos se gasta com algo, mais barato ele pode ir para as prateleiras. Isso reflete diretamente em nosso bolso.

Você sabe que materiais são recicláveis?


Agora que você sabe a importância da reciclagem e também o seu impacto em nosso dia a dia, pode começar o quanto antes a separar o lixo reciclável do orgânico. Se você tem dúvidas sobre a separação, veja a listagem abaixo:


  • Na lixeira para vidro, você pode descartar potes de alimentos (incluindo os de conserva), garrafas, cacos e frascos de medicamento (aqueles de cor âmbar);

  • A lixeira para papel pode conter todo tipo de embalagens feitas com o material, além de revistas, jornais, livros, folhetos e caixas de papelão;

  • Você poderá colocar na lixeira para metal os seguintes materiais: latas de alumínio ou aço, pregos, tampas, tubos de pasta, além de tudo o que for constituído de cobre ou alumínio;

  • Na lixeira para plástico você pode descartar potes plásticos, sacos feitos com o material, garrafas pet, embalagens e sacolas de supermercado. Aqui também entram as embalagens longa vida.

É importante frisar que alguns materia

is parecem ser recicláveis, mas não são. Ex: papel carbono e celofane, etiquetas e fitas adesivas, fotografias, esponjas de aço, embalagens metalizadas, vidro temperado, espelho, cristal, isopor, esponjas de limpeza e cabo de panela, entre outros.


As pilhas e baterias não devem ser descartadas na lixeira de produtos orgânicos, mas elas também não se encaixam nos materiais recicláveis. Para tanto, você deverá levá-los a locais que as recolhem, juntamente com celulares e equipamentos eletrônicos.


Higienização dos materiais

Para que os produtos possam ser encaminhados para a reciclagem, recomendamos que estejam limpos. Portanto, é indicado lavar o pote de iogurte ou a garrafa de refrigerante, por exemplo, antes de descartar a embalagem. Esta precaução evita infestação por roedores e insetos, além de facilitar o trabalho dos recicladores.


Ao contratar nossa equipe para fazer a limpeza no local desejado, esteja seguro de que nossos profissionais farão o descarte ideal de materiais, colaborando com a preservação do meio ambiente.


Para conhecer mais sobre nossos serviços de Limpeza e Conservação, acesse o nosso site: www.makiyamaservicos.com.br


0 visualização
  • whatsapp branca fina