• Makiyama Serviços

Limpeza de condomínios: cuidados na higienização de áreas comuns


Entenda melhor a limpeza de condomínios quanto às áreas comuns, especialmente depois da Covid-19.


As áreas comuns de condomínios sempre foram alvos de grande cuidado com a limpeza e organização.

Após a Covid-19, esses cuidados se intensificaram, sendo necessário prestar atenção a mais alguns detalhes.

Pode ser difícil manter tudo sob controle, de forma que a gestão precisa de muita organização.

Para te ajudar, trouxemos algumas dicas de cuidados na limpeza de condomínios.

Preste atenção aos pontos que vamos expor aqui para manter seus condomínios limpos e seguros.


Limpeza de condomínios: onde prestar atenção?

Elevadores

Os elevadores são grande parte da preocupação na limpeza de condomínios, especialmente após o surgimento da Covid-19.

Isso porque, mais do que uma simples superfície, trata-se de um cubículo fechado no qual os moradores precisam ficar durante alguns segundos até chegarem aos seus andares.

Neste meio tempo, pode ocorrer contaminação pelo ar, pelas superfícies e até entre os moradores.

Portanto, certifique-se de ter uma rotina rígida de limpeza de elevadores para garantir a segurança e a saúde de todos.

Lembre-se de manter álcool em gel disponível próximo às entradas dos mesmos no hall térreo e, se possível, também nos andares.


Superfícies

Toda e qualquer superfície nas áreas comuns deve estar sempre bem limpa e desinfetada.

Inúmeras pessoas passam pelas áreas comuns dos condomínios todos os dias, de forma que é impossível saber se elas estão contaminadas ou não.

E isso não vale apenas para o Novo Coronavírus, mas também para bactérias e fungos que geralmente estão presentes em nossas mãos.

Inclua todas as superfícies na rotina de limpeza de condomínios, como corrimãos, botoeiras, catracas, portas, janelas, paredes, interruptores e até mobiliário, sempre que houver.

Atenção especial à academia e playgrounds, onde todos os equipamentos devem passar por uma limpeza rigorosa.


Pisos

Os pisos são os alvos mais óbvios da limpeza de condomínios, mas não devem ser menosprezados.

É sob nossos pés que se encontram o maior número de vírus, bactérias e fungos.

Divida o condomínio por áreas e comece a limpeza pela área mais distante até a mais próxima da portaria.

A limpeza deve ser feita de acordo com o tipo de piso que o condomínio possui, de forma que o conhecimento nessa hora é indispensável.

É por isso que a melhor escolha é sempre contar com o apoio de equipes de limpeza terceirizada, que sabem exatamente o que fazer.


Lixo

Outro ponto importante na limpeza de condomínios é a coleta e armazenamento de lixo.

Em primeiro lugar, deve sempre haver um local reservado exclusivamente para a coleta do lixo.

Certifique-se de manter a limpeza deste local periodicamente, pois é um local de alta concentração de microrganismos de todos os tipos.

Deve haver álcool em gel disponível por perto, para que os moradores higienizem as mãos após o descarte.

Verifique sempre o reservatório de álcool em gel para fazer a reposição sempre que necessário.

Não permita que os moradores deixem o lixo em outro lugar que não seja a lixeira do condomínio.


Higiene individual

Além da limpeza de condomínios, a higiene pessoal da equipe também é fundamental.

Instrua todos os colaboradores do condomínio a lavarem as mãos sempre que necessário.

Isso inclui o contato com outras pessoas, manuseio de lixo, manutenção em equipamentos, limpeza, recebimento de correspondências, entre outros.

Todas as áreas comuns devem ter álcool em gel disponível com fácil acesso.

Mas, atenção: use álcool em gel de boa qualidade. A regra é muito clara. Se tem cheiro de álcool, pode ser usado. Caso contrário, não é eficiente o bastante.


Máscaras

Ainda estamos sob uma pandemia, apesar de o processo de vacinação já ter sido iniciado.

Até que haja um decreto oficial retirando a obrigatoriedade das máscaras, elas devem ser usadas a todo momento, em todos os espaços dentro do condomínio, mesmo que o espaço em questão seja a céu aberto.

Isso é fundamental para a proteção dos condôminos e também dos colaboradores.

Coloque avisos sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os corredores, passagens e entradas.

Fiscalize os funcionários e moradores quanto a essa regra, mediante a aplicação de sanções administrativas.

Somente assim poderemos garantir que, além da limpeza de condomínios, eles serão seguros para todos.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo