• Makiyama Serviços

Como economizar água na empresa? 6 Dicas essenciais

Aprenda como economizar água na empresa e contribua com a preservação do meio ambiente e dos reservatórios, além de diminuir a conta.


Em 2021, o Brasil enfrenta a pior crise hídrica dos últimos 91 anos. Os baixíssimos níveis nos reservatórios têm deixado todos preocupados com a possibilidade de interrupção no fornecimento de energia elétrica.


Mas além do fornecimento de energia, a crise hídrica também afeta o fornecimento de água em todo o país.


A falta de chuvas tem impactos preocupantes. Portanto, separamos 6 dicas para te ajudar a economizar água em sua empresa, diminuir os impactos ambientais e ainda economizar na conta.



Como economizar água na empresa?


1 - Conscientização

A primeira coisa a ser feita para economizar água na empresa é conscientizar os colaboradores.


A conscientização em si já pode representar uma grande economia, reduzindo o uso desnecessário de água.


Solicite aos colaboradores que tomem cuidado com a utilização. Que torneiras não sejam deixadas abertas e que a água não seja desperdiçada.


Além disso, peça para que certas tarefas sejam realizadas com a maior agilidade possível quando envolvem o uso de água.



2 - Torneiras automáticas

Uma ótima forma de economizar água em sua empresa é instalando torneiras automáticas com sensores.


Elas acionam automaticamente o fluxo de água quando alguém coloca as mãos sob a torneira, e interrompe assim que parar de detectar a presença.


Uma alternativa a essas torneiras são as de acionamento por válvula, que devem ser pressionadas para iniciar o fluxo de água e possuem um timer que interrompe o fluxo automaticamente.


Elas também são um tipo de torneira automática, mas que possibilitam o fluxo por um período fixo de tempo.


Ambas as torneiras são eficientes em diminuir o uso de água e podem ser instaladas em qualquer tipo de pia.



3 - Vazamentos

Se o objetivo é economizar água na empresa, você deve estar atento a todo e qualquer vazamento.


Os vazamentos e gotejamentos podem desperdiçar grandes quantidades de água mensalmente.


Uma única torneira pingando ao longo de um mês pode somar mais de 1.400 litros de água.

Realize uma inspeção em pontos estratégicos nas dependências da empresa em busca de sinais de vazamentos, como infiltrações, água no chão ou barulhos incomuns.


Na dúvida se há um vazamento ou não, um teste de estanqueidade pode esclarecer.

Faça do conserto desses problemas sua prioridade máxima.



4 - Substitua processos

Alguns processos feitos nas empresas com água podem ser substituídos por outros sem o uso de água.


É o caso, por exemplo, da lavagem de calçadas e vias de condomínios. Ao invés de usar água para lavar essas áreas, dê preferência ao uso de uma vassoura.


Outro exemplo é a limpeza de áreas internas que não necessariamente precisam ser lavadas. Elas podem ser limpas com o auxílio de produtos corretos.


Todo e qualquer processo que puder ser substituído deve ser. Faça uma avaliação de como os processos envolvendo água podem ser replanejados, temporária ou permanentemente.



5 - Use baldes

Ao invés de levar mangueiras para os lugares que precisam de utilização pontual de água, leve baldes.


Essa é uma forma simples de economizar água na empresa e conscientizar os profissionais que estão utilizando o recurso.


Instrua e determine regras para a utilização de baldes e o abandono de mangueiras, tanto quanto possível.


Sob hipótese alguma uma mangueira deve ser deixada aberta em qualquer área da empresa.


O consumo de água de uma operação dessas é altíssimo e pode resultar em um aumento expressivo na conta de água, além de desperdiçar demais.


Os baldes são uma alternativa que cumprem a tarefa com muito mais economia.



6 - Continue falando sobre o assunto

Quando os gestores fazem apenas uma conscientização e nunca mais, a tendência é que as pessoas se esqueçam dos procedimentos e voltem a fazer o que faziam antes.


Para garantir que suas ações para economizar água estão surtindo efeito, faça comunicados, palestras, reuniões e passe orientações frequentemente.


Dependendo do porte da empresa, isso pode ser feito mensalmente, quinzenalmente ou semanalmente.


Supervisione a economia de água sempre que possível, cobrando dos colaboradores a postura acordada no início.



Com esses procedimentos, você já consegue economizar água na empresa e diminuir o preço da conta.


Se essas dicas foram úteis para você, compartilhe!


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo